quarta-feira, 16 de março de 2011

Um dia de cada vez

Meu coração busca palavras, pra te fazer entender
O que só os meus olhos podem dizer
Os meus sentimentos, são como luzes no firmamento
Rastros de uma grande explosão
Não tente entender o verbo
Apenas permita acontecer
Sinta a energia que emana de mim
Que te busca ainda que distante, numa fração insignificante
Dar sentido e magnetude ao destino dos acontecimentos
Meu coração tenta diariamente, alimentar esta história
Com lembranças vivas guardadas na memória
Só você habita o meu sentido
Em cada riso meu, cada arfar do meu peito
Cada gesto de efeito, cada procura
Só você me tira o sono
Me tira o medo
E me contagia de coragem
Para viver um dia de cada vez

Seu lugar

Um mar de esmeraldas, coberto com prata
Eu quero me entregar a este olhar
Me envolva em teus braços, toca meus lábios com os teus
Me faz delirar, me perder em gemidos
E depois acordar em grandes suspiros
Me faz sorrir mesmo dormindo
Nos sonhos com os carinhos teus
Eu quero a leveza deste sentimento
A pureza deste desejo
Quero a lembrança de cada momento
Quero a ternura de ter você nos meus pensamentos
O meu corpo reclama a falta do teu
No meu coração um banco um vazio
Esperando que você volte pra ficar
Não vá meu amor, não deixe o tempo apagar
A doce magia que um dia nos fez encontrar
Volta amor, vem ocupar o seu espaço
Nenhum outro jamais poderá
Volta amor, vem ficar bem perto
Deste querer tão intenso
Deste viver com você

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.