quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Para refletir

"Existem duas estradas, extremamente distantes uma da outra:uma leva à nobre morada da liberdade, a outra, à morada da escravidão, da qual os mortais devem se esquivar.É possível atravessar a primeira por meio da varolinidade e da concórdia generosa; assim, guie seu povo por este caminho.Ao outro se chega pela disputa odiosa e pela destruição covarde; assim, evite-a acima de tudo."

( Oráculo de Delfos em resposta a pergunta feita por Licurgo sobre que normas constitucionais beneficiariam Esparta)

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Um sinal

Um sinal apenas...
É o bastante para arrebatar meus sentidos
Me atirar ao infinito
Acordar o meu ser
Apenas um leve toque do seu pensamento no meu
É tudo de que preciso para mover as forças do universo
O leve sussurrar da sua vontade
E meu universo inteiro aos seus pés
Um sinal apenas...
É o que faz toda a diferença
Que dá colorido ao meu dia
Você é tudo o que importa
É a chave para todas as portas
É o caminho por onde sigo sem medo, ainda que não enxergue o destino
Você são todas as flores que perfumam minha existência
Todas as árvores que purificam o meu ar
São todas as ondas que quebram na praia dos meus desejos
Você é tudo e mais um pouco
Ainda que só me encontre nas esferas astrais
Você meu anjo lindo
Que me leva em suas asas a vôos inesquecíveis
Pode perceber que o sinal vai além do que se vê
Um sinal apenas...
E é tudo.

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Abre a porta

Abre coração a porta, me deixa entrar
Trago presentes para te compensar
Sei que parti sem dizer adeus
E que a luz apaguei dos olhos seus
Mas estou de volta, agora pra ficar
Se antes cheguei derrepente, agora bato a sua porta para avisar
Estou de volta mas quero ficar
Abre a porta deixa eu entrar
Ascende a lareira da tua alma
Que no sofá do teu abraço vou descansar
Descobri, depois de muito andar
Que era aqui o meu lugar
Te vi em tantos olhos que já nem sei contar
Ouvi sua voz em todo lugar
Seu cheiro me acompanhou, pelos caminhos que trilhei
A cada amanhecer a luz dos olhos seus veio me despertar
Seu sorriso era o único a me alegrar
Abre a porta coração, me deixa entrar
Já não sou uma paixão quero amar
Me acalenta em seu peito
Sossega esse latejar
Abre a porta coração me deixa entrar
Agora quero mesmo ficar
Já provei tantos carinhos, aventuras e sensações
Descobri que é aqui o meu lugar
No calor do seu olhar
Me deixa entrar coração.

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Bom dia

Bom dia!
Dia de vida, de amigos e sorrisos.
Dia de trabalho, barulho e descobertas.
Dia de amor, saudade e lembranças.
Dia de luz, magia e sonhos.
Dia de arrumar os armários, esvaziar as gavetas, jogar fora o que não preciso mais...
Dia de perfumar, colorir e preencher.
Bom dia!
Mais um dia da minha rica vida, do meu perfeito mundo.

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.