quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Jacaranda

Quero agora a paz lílas que vejo nas flores do jacaranda.
Quero a sombra da árvore, a saúde do verde, a calmaria das águas...
Quero esse mundo florido, colorido e alegre.
Quero meus filhos crescendo livres!
E meus amigos a me visitar.
Quero a música da alma e o café no bule nas tardes de domingo.
Quero o amor na sala, esparramado no sofá...
Quero viajar sem hora pra voltar.
Quero deixar marcas em todas as pessoas e histórias que eu contar.
Quero um dia diferente do outro, e todos eles cheios de poesia!
Quero versos com rimas para enfeitar,
E prosas engraçadas para entreter,
Causos de gentes e bichos pra lembrar.
Quero a vida com purpurina e cola pra poder guardar...
Quero o saber nas estantes e no dia-a-dia para tornar a casa um lampião.
Quero ternura na bagunça dos brinquedos,
E amizade em todas as panelas em cima do fogão.
Nos copos os sorrisos das comemorações, nos espelhos as lembranças dos momentos felizes vividos tão cheios de gratidão...
Enfim quero tudo e mais um pouco,
Quero estar e ser de montão,
Quero um querer bem vivo,
Bem meu, bem coração.

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.