quarta-feira, 23 de maio de 2007

Lamento

Lamento todas as músicas que não dançaremos

As piadas que não contaremos

As guerras de travesseiros que nunca acontecerão

Lamento não te ver no amanhecer despenteado de rosto amassado

Suas roupas jogadas sobre a cadeira que nunca vou pegar

Suas coisas e seus cheiros espalhados pela casa

Lamento os sinais de você que não vão estar na minha vida

Na minha casa, na minha cama

Os chinelos que não vou guardar

As camisas que não vou passar

Lamento aqueles momentos em que não vou estar para acertar o nó na gravata

Nem te levar a pasta com documentos importantes que você esqueceu

Lamento os caminhos da vida que só te trouxeram depois de tudo pronto

E quando já havia alguém para todas essas coisas

Lamento que você tenha aprendido que viver sem sonhar é o melhor caminho

Que estar é melhor que amar

Que deixar acontecer é melhor do que fazer acontecer

Lamento...

Esse sentimento que cresce apesar de não ser alimentado

Essa falta, essa agonia

Lamento essa partida anunciada

Esse fim, sem começo

Lamento o encontro que ascendeu em mim o desejo

Despertou na m'alma lembranças

Lamento!!!


Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.