segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Sem palavras

Sem palavras, apenas o sentir
O pulsar constante e determinado da vida
Sem palavras que possam expressar...
Minhas reflexões, meus desejos
Imagens sem nomes
Coloridas e vivas
Minha mente tenta, mas impotente, desiste
Sem palavras humanas
Sem explicar
Uma vontade há decodificar
O instante seguinte, premeditado
Sem palavras, apenas o olhar
Que sabe esperar...
Que quer enxergar
Além...
Sem palavras, só o livre querer
Estar e ser.

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.