sexta-feira, 28 de março de 2008

Outra vez

Dia marcado, caminho sozinho
Espera...
Encontro furtivo
O quarto, o desejo é fogo que arde
Queima a pele, aquece o coração
A vontade sufoca
Nos beijos a ânsia de matar a sede
Os abraços apertados
Uma tentativa de reter o momento
A entrega suprema é sagrada
O instante é solene
Algo que transcende, presente
Poucas palavras
O corpo não mente
É a saudade que traz de volta
O desejo e a lembrança
De momentos felizes
Antes da despedida
Pequenos instantes...
Seus olhos brilhantes ascendem os meus
Eu quero tudo outra vez
E sempre e mais
Até vc beber toda a vida em mim.

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.