segunda-feira, 14 de abril de 2008

Marcas

Você marcou minha alma com fogo
E no baú das lembranças deixou muitos retalhos
Pedaços de vários tamanhos
Pequenos alegres e coloridos
Outros grandes e doloridos
Você quebrou o encanto do resto de sonho que sobrava
Como um espelho velho em cacos
Sua imagem desfez-se no chão, sem vida, sem nada
No ínicio você era sedução, palavras cultas escondiam seu coração
Mas sua imagem ruíu...
Perdeu-se na intolerância e no egoísmo
Foi engolida pela vaidade
E a necessidade contínua de provar
Para todos, para tudo...
Talvez para você mesmo
Uma falsa verdade
De uma falsa virtude
De uma ignorante vontade
De um gesto miúdo
As marcas ficarão, porque são atemporais
Mas a vida continua...
E tenho certeza será
Maravilhosa!

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.