quarta-feira, 23 de agosto de 2006

Caminhos Estranhos

Há anos caminhamos juntos, andando como estranhos
Às vezes nos olhamos, às vezes seguramos as mãos um do outro
Tantas vezes andamos juntos e tão separados
Percorremos os caminhos da paixão a raiva
Do amor à indiferença
Da tristeza a magoa
Do vazio

Caminhos do coração
Caminhos da mente
Caminhos somente

Fomos da plenitude ao cansaço
Dos sorrisos aos lamentos
Corremos tantas vezes atrás de não sabemos o que
Eu queria um sonho, você queria uma ponte
Quantos? Adeus ensaiados e nunca ditos
Quantas palavras amargas? Ditas sem sentido ou sentimento

Caminhos do coração
Caminhos da mente
Caminhos somente

E agora?????
Chegamos a uma encruzilhada
Eu quero caminhar por uma trilha e você quer continuar na estrada
Quero o gosto da liberdade e você da comodidade
Quero o desconhecido e você a estabilidade
Quero meu coração aos saltos e você não quer mais que o seu se sobressalte

Caminhos interessantes esses das nossas vidas
Insisti tanto, agora quero te deixar ir
Você quis tanto ir agora decidiu ficar

Caminhos do coração
Caminhos da mente
Caminhos somente

Quem sou eu

Minha foto

Nasci e cresci em São Paulo, morei em SBC, SMP, Osasco, Barra Funda e Vila Madalena. Estudei no Heckel Tavares, Architiclino Santos e na FIAM. Trabalhei na AMESP, ITD Trasnportes, Masul S/A, Editora Azul, Prodomo, ECT, Ogilvy & Mather, Ipê Clube, SGS do Brasil, Envolverde e Galáxia Projetos de Comunicação.